Home » » INTIMIDADE

INTIMIDADE









Nada se modera nem se suaviza na memória, que imagina e adorna cada momento. Nada se despoja, salvo a indiferença. Antes dizia: não me esqueças; agora: esquece-me por favor. No esquecimento está a minha esperança, na recordação a minha tortura; mas o mais terrível de tudo é que prefiro a recordação ao esquecimento, e a tortura à esperança.

Silvina Ocampo

0 comentarii:

Trimiteți un comentariu

 
Support : Copyright © 2015. movie jupiter - All Rights Reserved